comunicacao3Vamos iniciar nossa reflexão sobre este tema com os seguintes questionamentos:  Por que acontecem tantas falhas na comunicação nas empresas? O que impede a prática de uma  comunicação eficaz nas organizações?

Partimos da constatação de que a maioria dos problemas  verificados nas empresas e que impactam diretamente na gestão, são gerados por entraves  na comunicação, sejam eles  em que nível for. O fato é que uma comunicação não assertiva causa estragos significativos à gestão e refletem igualmente nas relações: alta gestão x líder,  líder x colaborador e colaborador x colaborador, sendo que se não forem diagnosticados e resolvidos, impactam  negativamente nos resultados finais, o que, convenhamos, ninguém deseja.

A comunicação ineficaz acontece pela dificuldade que os gestores apresentam para compreenderem a essência do processo de comunicação,ou seja, saber fazer a leitura do que está sendo dito em termos de expectativas, pelos colaboradores, por meio do que verbalizam e manifestam  pelas expressões, gestos e emoções. Cabe ainda considerar a leitura daquilo que a empresa prega com o que de fato ela faz.

Criar e fazer funcionar, na prática, um sistema de comunicação eficaz  tem sido o grande desafio que as organizações enfrentam.Implementar este tipo de sistema é uma estratégia considerada necessária para empresas que buscam crescimento e cultura organizacional.

Chacrinha
Quem não comunica se trumbica…. A comunicação nas empresas deve ser entendida como um veículo capaz de tornar as coisas comuns.Trata-se de um processo específico pelo qual a informação se movimenta dentro de uma organização. Ao contrário do que parece, não é um  assunto simples e seus problemas precisam ser cuidados por todos, independente da hierarquia.

Toda comunicação está embasada nas trocas de informações entre um transmissor e um receptor e ambos se intercalam na situação de um ou de outro. Para que ela aconteça é necessário que haja a presença de 3 elementos: O transmissor, o receptor e a mensagem.

comunicacaoComo forma de garantir que o processo transcorra com eficácia é necessário que ocorra um alinhamento estratégico, onde a empresa deixe claro a importância que atribui a este processo e conscientize todos na organização sobre os cuidados que devem adotar quando assumirem o papel de transmissor. No papel de transmissores devem se preocupar com a clareza do conteúdo que será transmitido, a coerência da mensagem verbal e não verbal, considerando sua finalidade, a adequação do conteúdo ao público receptor e também aos canais de distribuição que serão utilizados, para que a informação circule corretamente.

É prudente que as empresas realizem um diagnóstico do modelo de comunicação praticado, para evitar correr o risco de utilizar um formato pouco eficaz, identificando os problemas atuais originados pela má comunicação, bem como os  motivos pelos quais eles ocorrem, para que possam ser tratados de maneira sistemática e pontual.

Como você avalia a sua capacidade de comunicação e o processo de comunicação na sua empresa?

Está buscando conhecer mais sobre os segredos da linguagem não verbal?

 

Carla Limongi

#vempracontarh #atendimentoonline #atendimentopresencial#mentoria

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário