Quer transformar seus resultados? Aposte na avaliação de competências

Atualmente, a avaliação de competências é uma tendência bastante forte nas práticas de gestão de pessoas, nas empresas. O capital humano passa a ser visto não mais como simples mão de obra, mas como parte fundamental da razão de ser destas empresas. Sem pessoas qualificadas e cientes de suas competências e pontos de melhoria, não há como uma empresa se manter de forma competitiva nesse mercado globalizado e altamente desafiador.

Quando a empresa pratica a avaliação por competências ela tem mais condições de estimular e reter seus colaboradores, dando aos mesmos a oportunidade de reconhecerem o que já apresentam de forma positiva e que pode ser potencializado, bem como aqueles pontos que devem ser desenvolvidos, na busca da melhoria de suas performances.

Mais do que simplesmente realizar a avaliação, nesse momento, o que a empresa deve buscar é a oportunidade de ofertar ao colaborador avaliado a orientação necessária em relação ao caminho a seguir durante a formação de sua carreira profissional.

A avaliação de competências possibilita também às empresas preparar seus talentos de forma mais ampla para a vida, uma vez que tanto o comportamento profissional quanto a capacidade relacional fazem parte desta avaliação. A devolutiva desses resultados, apresentada de forma ética e imparcial, possibilita fortalecê-los para os vários feedbacks, pessoais e profissionais, que ainda irão receber no decorrer de suas vidas.

Importante lembrar que não basta apenas apontar ao colaborador os seus gaps. Para que a avaliação, de fato, cumpra seu papel, é necessário também que o colaborador seja orientado em relação a como deve agir para conseguir alterar seus resultados. Assim, não se trata de dizer somente o “que” precisa ser melhorado. É fundamental que a empresa possa apoiá-lo na elaboração de um Plano de Desenvolvimento de Competências (PDC), para que seja pensado e definido o “como” ele deverá se posicionar para conseguir atingir seu objetivo de melhoria de performance.

Isso só será possível se as empresas tiverem a clara definição quanto aos perfis de competências de todos os seus cargos/funções, divulgando-os de forma sistemática aos colaboradores. Se os profissionais não têm certeza de para onde precisam ir, correm o risco de não chegarem ao lugar certo, perdendo-se pelo caminho.

Ao longo dos anos, considerando os vários clientes de segmentos diversos de mercado que tivemos o prazer de atender, chegamos a um conjunto de competências essenciais que podem ser consideradas para uma gama grande de cargos, em especial para os cargos de liderança, sendo que as mesmas são apresentadas no livro de nossa autoria ‘Liderar Agora, simples Assim’. Estas competências são valorizadas pelos liderados e reconhecidas pelas empresas. São elas:

1 – Assertividade: capacidade do líder em se posicionar da forma exata, no momento correto, sendo firme e direto, transmitindo segurança nas suas ações.

2 – Comunicação: habilidade que o líder possui para transmitir informações de maneira clara e objetiva, de modo a garantir o perfeito entendimento por parte do seu interlocutor.

3 – Criatividade: capacidade do líder em buscar soluções alternativas, sempre que necessário, para situações do dia a dia.

4 – Formação de equipe: habilidade do líder em desenvolver pessoas, mantendo-as motivadas para suas atividades diárias.

5 – Maturidade profissional: capacidade do líder em demonstrar domínio técnico e relacional, atuando de maneira equilibrada diante de diversas situações.

6 – Planejamento e Controle: capacidade do líder de pensar antes de agir, definindo plano de ação para suas metas diárias, implementando-as e acompanhando-as durante sua execução.

7 – Resiliência: habilidade do líder em adaptar-se a situações adversas, de maneira serena e sem desgastes.

Para refletir sobre o tema, pergunte-se: Tenho consciência de minhas competências de destaque e dos meus pontos de melhoria? Sei exatamente quais competências meu cargo exige de mim? O que tenho feito para melhorar a minha performance? A partir de então, saia de sua zona de conforto e busque respostas. Pode Contarh com a gente!

Sandra Faria

vempracontarh #atendimentoonline #atendimentopresencial

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário