Considerando as características da sociedade atual que impõe a todos nós diversos padrões estéticos, aos quais somos levados a nos ajustar, surgem alguns questionamentos: Quem realmente eu sou? Como fazer com que esses padrões não inibam minha capacidade de sonhar? Como tirar proveito das minhas diferenças/imperfeições, fazendo com que se tornem um diferencial de exclusividade?

Sabemos que um dos recursos mais eficazes de comunicação é o cinema, podendo ser um valioso instrumento para se trabalhar conceitos que ajudem a buscar respostas para as questões apresentadas. O cinema está sempre promovendo encontros inesperados com a realidade que nos cerca, além de nos levar a muitas outras realidades que estão esperando para serem descobertas. A palavra de ordem é autovalorização. Por esta razão é necessário avivar os nossos saberes. Um filme é um objeto de reflexão, a partir de uma problemática existencial ou cultural, onde os personagens devem provocar empatia e o enredo despertar debates construtivos.

Assim, por que não utilizar filmes para promover momentos reflexivos aos nossos clientes empresários, líderes de mercado, profissionais diversos e coachees?

Nossa experiência tem nos mostrado que a utilização desta metodologia traz resultados imediatos e surpreendentes, considerando o filme como elemento catalisador da realidade e impulsionador de questionamentos, entendendo que a análise crítica de alguns filmes é capaz de trazer os pontos de contato reais entre ficção e realidade, levando os participantes a momentos de ricas reflexões.

Sessão Cinema

Uma metodologia que utilizamos em nosso trabalho é a SESSÃO CINEMA, que propicia aos participantes se relacionarem com outros profissionais de mercado, em um ambiente diferente do usual, cuidadosamente preparado para que os participantes se sintam em uma atmosfera de cinema. Dentre os inúmeros títulos que utilizamos na atualidade, destacamos o filme EXTRAORDINÁRIO, o qual retrata a história de um garoto que nasceu com uma deformação no rosto e tem que ser submetido a inúmeras cirurgias plásticas para que sua aparência seja mais agradável. Apesar disso é um garoto normal e muito inteligente, principalmente em Ciências. Seus pais, para poupá-lo dos olhares dos outros resolvem iniciar sua alfabetização em casa. Porém, quando o menino completa 10 anos de idade, eles sentem que chegou o momento de ele conhecer outras crianças e explorar o mundo fora do conforto e da segurança proporcionados por sua família, em casa.

Daí para frente o garoto vive momentos de intensos desafios e descobertas, levando o espectador/participante a se auto avaliar e repensar sua postura e suas atitudes diante da vida.

Os principais ensinamentos tirados do filme são os seguintes:

  • Se não gostamos do lugar onde estamos, devemos imaginar onde gostaríamos de estar.
  • Os preceitos são importantes em nossas vidas para nos ajudar a responder a questões como: Quem eu realmente desejo ser? Que tipo de pessoa eu sou?
  • Nunca devemos julgar ninguém apenas por sua aparência, precisamos dar a oportunidade das pessoas mostrarem suas essências.
  • Quando tivermos que escolher entre estarmos certos e sermos gentis, devemos escolher ser gentis.
  • Antes de valorizarmos em primeiro lugar a aprovação dos outros sobre nós, devemos aprender a nos aceitarmos como somos, em relação à nossa aparência e essência.
  • Devemos encarar os obstáculos em nossas vidas como algo que nos impulsiona a continuar caminhando, mesmo que pareçam grandes demais. Só seremos capazes de transpô-los se nos mantivermos focados em nossos objetivos, com coragem e persistência.

 

Fica o convite para que assistam o filme na íntegra e façam suas próprias reflexões.

Que tal presentear sua equipe com uma Sessão Cinema?

Pense nisso!

 

Assista ao trailer do filme:

Você pode também alugar/adquirir pelo

:: Google Play 

:: iTunes

 

                                                                                                  Carla Limongi

                                                                                                   Sandra Faria

 

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário